17.jul.18

A gastronomia eclética do centro de São Paulo



Sampa como é carinhosamente chamada São Paulo, depois que Caetano Veloso homenageou a cidade com sua música, está em constante mudança. Eu gosto de ter um olhar de turista para a minha cidade. No final de semana passado visitei a região central no entorno da Praça da República, para conferir as novidades dos restaurantes; tem “classudo”, tradicional, raiz e descolado. Há uma gastronomia eclética que combina com a cidade que se reinventa a cada momento.

 

O centro de São Paulo, popularmente é divido entre o Centro Velho, a praça da Sé onde a cidade começou e o a região da Praça da República, separada pelo Vale do Anhangabaú. A área já foi considerada nobre no começo do século passado, com a mudança de escritórios para regiões mais modernas, começou a decair. Hoje com os aluguéis mais baratos que as regiões turísticas, começaram a chegar novos restaurantes mais descolados, que aproveitam as facilidades do centro.

 

A praça da República é ponto turístico de São Paulo, não só pela feira de artesanato dos finais de semana, mas também por estar próximo ao Teatro Municipal, Terraço Itália, Av. São Luiz, Consolação, etc. A região é eclética em termos de gastronomia, porque concentra vários tipos de restaurantes. O mais conhecido da região é o Terraço Itália, que tem uma das mais belas vistas de São Paulo, ele é um clássico sem erro. Há também o tradicional Circolo Italiano no mesmo edifício Itália.

 

A há pouco tempo o chef Olivier Anquier viu o potencial da região e instalou o “classudo” Restaurante Esther Rooftop com vista para a Praça da República.

 

No térreo está a padaria chic: Mundo Pão do Olivier.

 

A variedade dos pães do Olivier são uma verdadeira tentação.

 

O restaurante A Casa do Porco do chef Jefferson Rueda é o fenômeno de público, está sempre lotado com filas mesmo durante a semana. A estrela do cardápio é a carne de porco com a criatividade do chef que não esquece suas raízes do interior de São Paulo e da comida caipira.

 

Ao lado do Porco está o Jazz B, que conta com banda de música ao vivo durante o almoço dos finais de semana.

 

O chef Rueda inovou com a inauguração no início de 2018 do descolado Hot Pork, lanchonete de sanduíches de salsicha de porco, hot dog.

 

A pequena casa numa esquina, com mesinhas para comer em pé vive lotada. Ao lado uma pequena sorveteria para completar o lanche.

 

A fabricação é própria e sem conservantes, há até a versão Not Pork, vegetariano.

 

O já consolidado Bar da Dona Onça, da chef Janaína mulher do chef Rueda, atrai muito público aos finais de semana para o Edifício Copan. Lá a comidinha brasileira bem preparada e criativa é famosa.

 

No Edifício Copan conhecido pela arquitetura do Niemeyer, surgiram outros restaurantes bacanas como o Orfeu La Central e outros, surfando na onda do Dona Onça.

 

Para um cafezinho rápido o tradicionalíssimo Café Floresta também no Copan é o ideal.

 

O Little Rock Café na Av.São Luiz, é o meu ponto preferido do centro, para uma parada estratégica, um lanche e reuniões de trabalho.

 

A lanchonete Estadão é o que chamo de estilo “raiz”, desde 1968 está no mesmo local e funciona 24 horas. O nome foi dado devido ao antigo vizinho: o jornal O Estado de São Paulo, que já se mudou para a Marginal.

 

No passado foi point de jornalistas e caiu no gosto popular, serve a 50 anos o famoso sanduíche de pernil, sendo produzidos em média 1600 unidades por dia.

 

Há outras opções interessantes na região, mas fica para um próximo post. O interessante é que sempre aparece novidades.

A partir do Metrô República é possível caminhar para todos os pontos mencionados.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2018 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel