Deusa Rodrigues - Travel Agent

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

16.maio.11 - atualizado em 11.jun.19



 

Conheci Singapura em uma viagem iniciada no voo inaugural, com saída de São Paulo, da Singapore Airlines, uma das melhores companhias aéreas do mundo. Embarquei com um grupo de clientes e certamente essa foi uma oportunidade imperdível para vivenciar essa experiência.  Algumas mordomias especiais para este voo inaugural nos foram oferecidas: cocktail  alguns presentes, mimos e muitas fotos. O país Singapura me surpreendeu com seus pontos turísticos: modernidade, orquídeas, compras, etc. 

 

 

Singapura via Barcelona

 

Viajar com a Singapura Airlines há uma escala em Barcelona. Esta parada é conveniente para caminhar e aproveitar as comodidades que o aeroporto oferece. Uma boa possibilidade de se estender a viagem alguns dias numa cidade espanhola muito especial: certamente uma das mais vibrantes da Europa.

 

Uniforme das comissárias – sarong

 

Ver a equipe da Singapura Airlines é também uma atração. As comissárias, que usam um uniforme típico muito elegante chamado “Sarong Kebaya” e criado pelo renomado costureiro francês Pierre Balmain. Além da elegância, as “Singapore Girls” também são extremamente simpáticas.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

 

Singapura – uma cidade estado

 

A chegada em Singapura, após um total de 24 horas de voo, surpreende pelo moderníssimo aeroporto. No traslado para nosso hotel, o guia nos mostrou as maravilhas da cidade-estado e falou das regras rígidas quanto à limpeza. Um exemplo disso é o fato de chicletes só serem vendidos em farmácias e mediante fornecimento de nome e documento, medida tomada depois que um simples chiclete causou um acidente no metrô da cidade.

 

 

Singapura – surpreende pela modernidade

 

Observamos a bela capital, a baía com seus prédios modernos, sendo tudo realmente muito limpo e organizado. Comenta-se que é a Suíça da Ásia.

 

Como em todo Sudeste Asiático, a sensação é de se estar no verão o ano inteiro, com uma média de 25 graus. Talvez esta seja uma das razões pelas quais os habitantes se mostrem tão alegres e simpáticos. A cidade-estado é linda, limpa, e seu povo hospitaleiro e simpático com os turistas brasileiros.  Conhecer Singapura é uma experiência encantadora.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

 

Singapura – ponto estratégico na Ásia

 

Singapura foi dominada sucessivamente por reinos marítimos ao longo da história devido à sua localização estratégica na Ásia. Em 1819, passou a ser um domínio britânico com o desembarque na ilha de Thomas Stamford Raffles, da Companhia Britânica das Índias Orientais. Raffles foi o responsável por muito do que é hoje a Singapura moderna.

 

Singapura – de colônia a país independente

 

A região de Singapura foi colônia britânica até 1959, excetuando-se o período da invasão japonesa em 1942. Depois da autonomia, o país entrou para a Commonwealth. Em 1963, uniu-se à federação da Malásia, da qual se separou dois anos depois para se transformar num estado independente em 9 de agosto de 1965. Atualmente é um país independente e rico. Tem excelente qualidade de vida e normas rígidas para se manter limpo e organizado.

 

Atrações – compras de luxo

 

Singapura é o paraíso das compras de luxo. Há inúmeros shoppings espalhados pela cidade, principalmente na Orchid Road. Tratam-se de prédios inteiros, sendo que todos contam com as principais grifes internacionais. As melhores compras são as de eletrônicos – há até um shopping exclusivo para esses itens. Os turistas compram muito. Portanto, pode-se observar muito movimento, com pessoas cheias de sacolas pelas ruas e hotéis.

 

Singapura – um país de contrastes

 

Durante o city tour, é interessante conhecer os contrastes, como entre o bairro indiano e o chinês, ou ainda entre templos e lojas diferentes. Esses bairros contrastam com os edifícios modernos da região central. É como dar uma volta na Ásia em um só país.

 

National Orchid Garden – orquídeas

 

Um dos pontos turísticos mais interessantes é o Jardim Botânico, o National Orchid Garden: um paraíso de orquídeas algumas raras. Trata-se de um verdadeiro deleite para amantes das flores. É bastante comum encontrar belos arranjos em todos os hotéis, lojas e pontos turísticos. A umidade, o calor constante e a proximidade do mar são determinantes para o desenvolvimento de belas orquídeas, que são o símbolo do país.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

Ilha de Sentosa – via teleférico

 

Visitamos também a Ilha de Sentosa, que pode ser alcançada de teleférico. Há bons hotéis, aquário e parque na ilha. No final da tarde há um simpático show pirotécnico com luzes, projeções e queima de fogos à beira mar.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

No final do dia em Sentosa o programa é  assistir ao show de fogos de artifício.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

Conheça uma opção de roteiro para Singapura.

 

Singapura – e outros países asiáticos

 

Singapura é ponto de partida para outros países do Sudeste Asiático, como Tailândia, Indonésia, Malásia, Vietnã, Laos, Cambodia, ou mesmo para o extremo Oriente, como China e Japão. Os programas conjugados são muito procurados.

Você vai gostar de conhecer também outros: Países do Sudeste Asiático.

 

Onde se hospedar em Singapura

 

Singapura conta com muita opção de hotéis de vários estilos. Os hotéis que se destacam são: Marina Bay com sua piscina na cobertura e o Raffles um hotel histórico.

Entre no link e faça sua reserva de hotel em Singapura.

 

Marina Bay Sands Hotel – piscina icônica

 

O atual cartão postal de Singapura é o Marina Bay Sands, um complexo composto por hotel, cassino e shopping de luxo, estrategicamente localizado na baía e próximo ao circuito de Rua da “Fórmula 1”. É enorme e muito movimentado. Ficou famoso por oferecer a mais alta piscina da Ásia, situada na sua área da cobertura no 57º andar. O local é de uso exclusivo dos hóspedes, mas também pode ser visitado por turistas que queiram frequentar o bar The Club at Marina Bay Sands ou o sofisticado Night Club Pangaea. Do local se tem uma vista privilegiada de toda a cidade.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

 

Raffles Hotel Singapore – hotel museu

 

Singapura é repleta de luxuosos hotéis que oferecem experiências únicas e personalizadas. Um deles, o Raffles Hotel Singapore, o primeiro do país, é um hotel-museu com mais de 100 anos. Muitos mimos são oferecidos pela equipe de butlers, os mordomos.

RAFFLES RAFFLES

 

Várias personalidades mundiais já se hospedaram no Raffles. Um ícone na cidade é o The Long Bar dentro do Raffles. É um dos 10 bares mais famosos do mundo, onde foi criado o Singapore Sling, drink tem muita história para contar. Tem sido visitado por turistas e celebridades. Uma das atrações é beber cerveja e petiscar amendoim e jogar a casca no chão, é bem divertido. Eu fui conferir.

 

Outros hotéis de Singapura

 

O Swissôtel, que fica em frente ao Raffles, próximo a um Shopping Center. Vale a pena também conferir O New Asia Bar, no 71º andar do hotel Swissôtel.

Os hotéis Mandarin Oriental, Ritz Carlton, Shangri-La e Fullerton são igualmente bem localizados e excelentes opções, cada um com seu diferencial.

RITZ MANDARINORIENTALL

 

 

Como chegar a Singapura – rotas aéreas

 

O voo da Singapore Airlines via Barcelona é a melhor opção de conforto com uma das melhores companhias aéreas do mundo, ganhadora de vários prêmios. Há outras possibilidades com conexões como Emirates via Dubai, ou Air France via Paris, além de muitas outras possibilidades via Europa ou Oriente Médio.

 

 

Melhor época para visitar Singapura

É possível visitar Singapura o ano todo. O país está no Sudeste Asiático, que tem temperaturas de verão ao longo de todo o ano, com média de 25 graus.

 

Dicas de viagem para Singapura

 

Fazer compras de eletrônicos ou objetos de decoração.

Comer frutos do mar super frescos.

Tratamento dos pés com peixes médicos (Garra rufa), uma espécie utilizada com fins medicinais.

Ir ao bar do Hotel Raffles e tomar o Singapore Sling.

Visitar o Hotel Marina Bay e fazer compras no shopping que se encontra no piso abaixo. Aproveitar para tomar um lanche no bar do lobby e apreciar o movimento.

SHOPS CENTER Singapura Shopping MARINA BAY

 

Visitar o circuito de rua da Fórmula 1.

Utilizar a maior roda gigante do mundo, a Singapore Flyer.

Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras Singapura e os pontos turísticos: modernidade, orquídeas e compras

 

Sugestão de roteiro para Singapura

Singapura e Bali, modernidade e natureza

 

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel