Deusa Rodrigues - Travel Agent

Em Londres fiquei ao lado da rainha

13.jul.13 - atualizado em 17.abr.19



 

Em julho de 2013, fui convidada para a 60ª festa de coroação da Rainha Elizabeth da Grã Bretanha. Fiquei honrada com o convite e em saber que seria a única operadora turística brasileira a fazer parte da festa. O Coronation Festival, realizado no Palácio de Buckingham, foi celebrado entre 11 a 14 de julho de 2013 em comemoração aos 60 anos de coroação da rainha. Fiquei num seleto grupo formado por operadores, sendo 2 indianos e 2 chinesas. Os demais convidados eram oriundos de Grã Bretanha e também da Commonwealth of Nations. Havia convidadas indianas vestidas de sari, de roupas orientais de Hong Kong, turbantes e túnicas coloridas da África, e muitas damas de chapéus exóticos característica dos eventos britânicos.

O evento teve o apoio da Royal Warrant Holders Association e aconteceu nos jardins do palácio. Todos os fornecedores reais tiveram espaço garantido com stands muito bem montados ao longo dos jardins, contando com itens como os sofisticados chapéus da nobreza, botas de montaria, doces, salgados, bebidas, hotéis e chegando até a luxuosas marcas Jaguar Land Rover, Clarins, Bentley Motors, etc.

VB-00021839-001

 

Eu cheguei cedo para a festa e almocei numa das mesinhas nos jardins junto aos muitos convidados, como um piquenique chic, com direito a fish & chips com champagne. Depois do almoço nossos anfitriões do Visit Britain nos deixaram livres para circular e participar da festa. Eu busquei as performances de música e balé. Para minha surpresa me vi diante da Rainha Elizabeth, que praticamente deslizava pelos jardins em um carrinho de golfe. Fiquei impressionada e comecei a segui-la lentamente assim como muitos outros convidados. Pude fotografá-la quase ao meu lado. O que mais me impressionou foi o silêncio absoluto de todos, inclusive dos jornalistas e equipes de TV. Notava-se realmente muito respeito à soberana. Como estava sozinha nesse momento, não tinha a quem comentar e meu recurso foi postar no Facebook a foto da rainha. No final da tarde ainda participei de um típico chá da tarde ao estilo inglês no hotel e, posteriormente, a noite foi encerrada com um mega show no palco montado no palácio. Realmente uma experiência incrível, uma das mais inesperadas da minha vida.

langhamm

 

Um-pouco-de-historia

Grã-Bretanha é uma das muitas Ilhas Britânicas da Europa que abrange a maior parte do país conhecido como Reino Unido. Nesta ilha estão três das quatro nações britânicas: Escócia, na parte norte; Inglaterra, no sul; e País de Gales, a oeste. O Governo Britânico é responsável pelas suas relações internacionais e defesa externa.

O Império Britânico estendia-se por um quarto da superfície terrestre. Durante a primeira metade do século XX o poder do Reino Unido ficou seriamente enfraquecido com as duas Guerras Mundiais. Foi durante a segunda guerra que houve o desmantelamento do Império e a transformação do Reino Unido. O mesmo é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, membro fundador da OTAN e da Commonwealth (ou Comunidade de Nações), uma organização intergovernamental composta por 53 países membros independentes que foram do Império Britânico, como Índia, Austrália e muitos outros. Atualmente o país é um dos principais centros financeiros e de comércio do mundo, com serviços públicos avançados e uma economia próspera. A Grã-Bretanha é um dos lugares mais charmosos para o turismo, pois se caracteriza por um convívio muito harmônico entre a tradição e modernidade.

 

O-que-visitar

* Londres é diversificada e tem muito o que visitar. Para conhecer bem seria necessário ficar pelo menos um mês, porém como não é possível segue alguns pontos bacanas:
* O prédio mais alto do país – The Shard, com 310 metros – é um ícone. No topo é possível ter uma magnífica vista da cidade.
* Liberty, uma galeria aberta em 1875 com uma arquitetura preservada, muito charme e artigos de luxo. Vale a pena.

visitar1

 

* New Bond Street e região – as lojas mais sofisticadas da cidade.
* Torre de Londres e as impressionantes joias da coroa.
* Harrolds, o magazine mais tradicional da cidade, onde é possível fazer um lanche.
* Westfield London – novo e elegante shopping, possui uma área aberta com vários restaurantes.

visitar

* Circular pelo centro – é possível comprar o passeio no Brasil – trata-se de um tour em ônibus de dois andares: aqueles famosos veículos vermelhos que fazem parte do nosso imaginário de viagem.
* London Eye – roda gigante e cartão postal da cidade.

 

Onde-ficar

Há muitas opções de hotéis, para todos os gostos e preços. Eu pude conferir alguns dos melhores:

The Westbury, hotel de luxo com ares de retrô. É o melhor ponto para quem quer circular pelas lojas sofisticadas e demais da Regent Street.

1 WestburyMayfairBedroom 2 WestburyMayfairLobby_1

 

The Athenaeum Hotel, luxuoso que fica situado no bairro de Mayfair, ótima localização. Possui o melhor chá da tarde (afternoon tea) de Londres. Vale a pena.

1 thealthenaeum 2 thealthenaeum2

 

Me London Hotel, hotel de luxo da Cadeia Meliá. Moderno e descolado, um lugar de gente bonita e jovem, principalmente no bar. Vá pelo menos para um drink mesmo se estiver hospedado em outro hotel.

1 melondo 2 melondon

 

The Goring Hotel, estilo boutique, com um belo jardim interno, algo raro na cidade. Foi lá que a princesa Kate fez o “dia da noiva”. Está próximo ao Palácio de Buckingham, para onde é possível ir a pé.

1 Goring 2 goring

 

The Langham Hotel, categoria luxo, muito refinado e com um dos bares mais agitados de Londres.

1 langham 2 langham1

 

Como-chegar

Há voos diários e diretos para Londres, pela British Airways.

 

Melhor-epoca

As melhores épocas são no verão – de junho a agosto –, no outono e primavera. Se for inverno, prepare-se com agasalho e guarda chuva.

 

Dicas-imperdiveis

* Caminhar a pé pela cidade: há muito pontos interessantes, como o Hide Park, Regent Street, Oxford Street, entre outros.
* Tomar um autêntico café da manhã londrino, com ovos e bacon.

subirr subir

 

* Ir a algum pub, de preferência um bem antigo e tradicional.
* Fazer umas comprinhas na loja oficial do Palácio de Buckingham.
* Se tiver tempo, vá ao interior e siga para Escócia.

subir1 escocia

* Utilizar o London Oyster, um cartão para metrô e ônibus mais econômico.
* Utilizar o metrô e ter aulas de inglês free com os avisos sonoros de cada parada, que são muito interessantes.
* Confira também:

 

Para compra de moeda estrangeira é importante conhecer uma empresa de confiança, eu indico a COTAÇÃO. As melhores soluções de câmbio, com mais de 10 moedas de diferentes países: Dólar Americano, Canadense, Australiano, Euro, Libra Esterlina entre outras. O melhor de tudo, é possível optar para Delivery, para receber confortavelmente na sua casa ou escritório. Negocie para obter a melhor taxa e escolha por uma das formas de compra:

Comprar online ou Solicitar Contato –  Você receberá uma ligação da Cotação para efetivar sua operação.  Cotação Câmbio

  1. ANDREA MARCIA disse:

    Deusa, seguir o seu blog é um privilegio. A descrição dos lugares visitados, soam como versos, tamanha a emoção que você passa ao descrever as experiências de cada exótico lugar visitado, Parabéns pelo blog , e que muitas outras emoções possam ser compartilhadas

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel