Deusa Rodrigues - Travel Agent

O que fazer em Pirenópolis a cidade histórica de Goiás

20.jan.17 - atualizado em 06.nov.20



O que fazer em Pirenópolis a cidade histórica de Goiás. Essa é uma dúvida para quem visita a cidade pela primeira vez. Piri como é chamada carinhosamente a cidade de Pirenópolis é uma graça. Uma pequena cidade história, cercada de serras que nos primórdios fizeram os colonizadores lembrar dos Pireneus.

O bonito conjunto arquitetônico colonial cercado pelas serras, formam uma paisagem irresistível. A cidade é cercada por diversas cachoeiras e vegetação preservada do serrado brasileiro. Nos finais de semana a cidade recebe muitos visitantes e há opções de restaurantes e música e serenata ao vivo.

O ponto alto de Pirenópolis é a Festa do Divino com as famosas Cavalhadas, uma tradição centenária. Passar um feriado ou férias em Pirenópolis é uma experiência encantadora, acompanhe as dicas.

Você vai gostar de ler sobre outra cidade com características semelhante: Ouro Preto uma viagem no tempo.

O que fazer em Pirenópolis a cidade histórica de Goiás

Pirenópolis – uma cidade histórica

Uma pequena cidade história de 30.000 habitantes, cercada pela Serra dos Pireneus, sendo daí a origem do nome. Foi fundada em 1727, sua história começa com a exploração do ouro, com garimpeiros comandados pelo bandeirante Anhanguera. As ruas estreitas foram pavimentadas com pequenas pedras, um trabalho árduo dos africanos.

Hoje vive da extração de pedras para a construção civil e do turismo. As belas fazendas em volta da cidade são procuradas para casamentos e eventos. A cidade encontrou um nicho interessante de turismo, que une cultura, lazer num cenário colonial.

Que tal conjugar a viagem com outra cidade vizinha, confira no post: Pirenópolis e Abadiânia.

O que fazer em Pirenópolis a cidade histórica de Goiás

Circular pelo centro de Pirenópolis

Pirenópolis recebe muitos turistas, principalmente jovens, por isso tem um clima “descolado”. A partir da Igreja Matriz, é hora de circular pelas ladeiras e observar os casarões bem cuidados, alguns transformados em boutiques, atelier de jóias, restaurantes e pousadas.

Booking.com

Em Pernambuco também conta com cidades coloniais preservadas, acompanhe no post: Viagem para Olinda.

O que fazer em Pirenópolis a cidade histórica de Goiás

A caminhada por Pirenópolis rende belas fotos do casario colonial. Vale a pena conhecer, sempre há um segredo a ser descoberto!

Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário

Para conhecer Pirenópolis, deve-se começar pela Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário. A construção secular, passou por um incêndio em 2002 e foi reconstruída; num dos altares laterais da santa, optaram por deixa-lo em barro, ao natural conforme a construção inicial,  oque dá uma aspecto rústico,  bonito e original, em contraste com o altar principal em madeira.

Você sabia que há um Museu do Barroco no México? Veja no post: Viagem para Puebla.

Abadiânia reduto de espiritualidade

Você vai gostar de conhecer também: Aparecida Santuário Nacional e Hotel Rainha do Brasil.

Festa do Divino  – Pirenópolis

A Festa do Divino é realizada desde 1819 em Pirenópolis. São inúmeras manifestações religiosas, folclóricas e artísticas. Inicia-se 50 dias após a Páscoa. Durante quase dois meses já festejos que incluem: Folia Rural, novenas, Pastorinhas, procissões, missas e as famosas Cavalhadas. O evento está catalogado como Patrimônio Histórico Nacional Imaterial pelo Iphan.

Leia também sobre outras manifestações populares: Cultura e folclore na América do Sul.

Cavalhadas – um dos principais eventos de Pirenópolis

As Cavalhadas são uma representação teatral das antigas lutas entre mouros e cristãos, que aconteceram no século VI. O evento é realizado no Cavalhódromo de Pirenópolis. Os diversos cavaleiros se apresentam montados com máscaras coloridas, em cavalos devidamente ornamentados. É um espetáculo do folclore brasileiro. Estátuas de coloridos mascarados estão pelas praças para compor o cenário.

Confira o post: Viagens pelo Brasil.

 

O por que das máscaras na Cavalhada ?

Nos primórdios os negros não podiam participar da Cavalhada de Pirenópolis, então eles começaram a usar máscara para se ocultar, o costume agradou. A criatividade é uma das boas características do povo brasileiro. Hoje as belas e coloridas máscaras, são uma manifestação artística e um um patrimônio da cidade que rende belas fotos.

Quando o assunto é sobre máscaras, não tem com não lembrar do: Carnaval de Veneza.

Outros eventos de Pirenópolis

Além da Festa do Divino há outros eventos como festivais de música, literatura, etc. O Festival do Documentário também tem movimentado e trazido para Pirenópolis muitos visitantes.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

O Teatro de Pirenópolis é um casarão reformado no centro histórico, que apresenta eventos durante o ano. Eu tive o privilégio de assistir no mês de dezembro um evento de música no Teatro de Pirenópolis. Além da boa música poder circular a noite com segurança pelo conjunto histórico foi uma experiência especial.

Flores do Serrado – natureza exuberante

Observar os jardins e as flores do Centro Oeste, principalmente na cidade de Pirenópolis e entorno. A natureza na região é exuberante, devido ao clima.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

Se você gosta de flores acompanhe o post: Flores de Holambra e da Expoflora.

Cachoeiras em abundância na região

A natureza foi generosa com Pirenópolis, nos arredores há mais de 100 cachoeiras para escolher. Entre as melhores estão:

Cachoeira do Abade, Bonsucesso, do Rosário, do Lázaro e Santa Maria, do Paraíso, do Coqueiro e da Garganta, Meia Lua, etc.

As regiões com pedras e cachoeiras tem muita energia positiva, que é um grande benefício para o corpo e para a alma. Confirma mais abaixo o conceito de “viagens para a alma”.

Outra região que também conta com muitas cachoeiras é a Amazônia, confira o post: O que fazer em Manaus.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

Como chegar  – via Goiânia ou Brasília

A partir de Goiânia são 128 km e a partir de Brasilia 150 km.  Tem pouca diferença de km, o único detalhe a observar são os  congestionamentos, nos finais de semana, para sair e chegar a Brasília.

Booking.com

Mesmo assim minha recomendação é conjugar a viagem: Pirenópolis e Brasília, pelo contraste da arquitetura. Uma cidade histórica com uma moderna. Para visitar somente Pirenópolis via Goiânia pode ser mais tranquilo a viagem.

Entre neste link para reservar passagem aérea para Goiás ou Brasília, para chegar à Pirenópolis.

Para conhecer melhor a região, principalmente as cachoeiras, eu recomendo alugar um carro.

Booking.com

Entre neste link para aluguel de carro em Goiás.

Onde se hospedar em Pirenópolis

O ideal é ficar bem no centro da cidade, para caminhar e fazer tudo a pé. As charmosas ladeiras são um convite para circular.

Entre neste link para reservar hotéis em Pirenópolis.

Onde comer em Pirenópolis

Jantar na rua do lazer, com muitos restaurantes e mesas ao ar livre, desde a tarde até a madrugada,  com música ao vivo.

Provar as delicias goianas: arroz de pequi e empadão goiano.

O restaurante Tempero do Rosário no centro histórico de Pirenópolis,  tem uma ótima variedade de comida goiana no sistema a quilo.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

Cafés Coloniais em Pirenópolis

Há várias opções para tomar um café colonial que não fica devendo nada para os do sul do Brasil. Dentre os mais bacanas, os destaques são para:

Fazenda Babilônia, está localizada num ambiante rural, uma propriedade do Século XVIII, oferece um café colonial farto estilo sertanejo do interior de Goiás. Conta com 40 itens deliciosos para a experiência gastronômica do Centro Oeste.

A Lanchonete Dona Sebastiana Pão de Queijo, está num casarão do centro e é muito tradicional, tem um ar de “casa da avó” do interior.

Outras opções de café colonial em Pirenópolis: Santuário VagaFogo, Pitoresco, Café Pand´oro, Pão de Ló Confeitaria e Café, Quintal Café com Prosa, etc.

Barroco – em outras cidades das Américas

No interior do México há o primeiro Museu do Barroco, que tem referências a obras de vários países, inclusive do Brasil.

O Barroco Europeu não só se adaptou no Brasil, como também pela América Latina. Confira nos posts o melhor do Barroco nas América e também nos destinos brasileiros.

Viagem para Puebla – a essência do México. 

Panamá – oportunidade de escala e atrações da cidade.

Peru – uma cidade viagem transformadora.

O que fazer em Quito.

Viagem para Olinda em Pernambuco.

Wedding Destination e Lua de Mel

A cidade de Pirenópolis se tornou um destino de cerimônias de casamento devido ao bonito cenário histórico entre montanhas. Os jovens casais de Goiás tem escolhido o município para a realização do grande dia. Os ambientes românticos também fazem da cidade atrativos para a Lua de Mel.

Saiba mais sobre outros destinos no post: Lua de Mel no Brasil.

Viagens para a alma – Templos e natureza

Dentro do meu conceito e desse Blog, há viagens para a alma, que são lugares especiais com energias positivas da natureza ou templos e construções planejadas para a espiritualidade. Esses destinos são capazes de proporcionar aos seus visitantes tranquilidade, paz e equilíbrio.

No mundo há pontos de energia positiva, tanto em lugares previamente preparados pelo homem quanto em outras áreas que a própria natureza privilegiou com minérios, fauna e flora. Uma viagem realizada para um desses lugares faz com que o ser humano volte renovado, devido aos efeitos benéficos da energia do lugar, mesmo que muitas vezes não se tenha consciência disso.

Dos lugares preparados pelo homem, há muitos destinos fascinantes pelo mundo, como Pirenópolis e Abadiânia.

Confira também o post: 10 Destinos com energia positiva.

Dicas de viagem

Visitar a cidade vizinha de Abadiânia.

Booking.com

Assistir a bela missa de domingo à noite na Catedral, um acontecimento na cidade, e oportunidade de conhecer a religiosidade. Uma viagem para a alma.

Puxar “prosa” com moradores, eles contam muitas histórias.

Participar de uma serenata nas ladeiras históricas da cidade, eu participei e indico.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

Compras no centro histórico

A maioria das boutiques e galerias de arte estão instaladas em charmosos casarões coloniais.

Abadiânia reduto de espiritualidade

Há uma variedade de boutiques de roupas, artesanato, objetos de decoração e joias, que utilizam as pedras e cristais do Centro Oeste.

Pirenópolis quantos km de Goiânia? Ou ir via Brasília?

O Blog Deusa Rodrigues tem diversas parcerias de serviços. Se você usar os links abaixo nos auxiliará a manter o site. Não pagará mais por isso e em alguns casos há descontos, promoções e entregas a domicílio.

  • 🏨 Reserva de hotéis – parceria com Booking, clique aqui.
  • 🏡 Aluguel de casas e apartamentos – parceria com Airbnb, clique aqui.
  • ✈ Passagens aéreas e pacotes de viagem – parceria com Viajanet, clique aqui.
  • 🎫 Ingressos: Disney, parques temáticos, musicais da Broadway e tours. Parceria com RCA Operadora oficial, com clique aqui.
  • 🚗 Aluguel de carros. Parceria com Rentcars - clique aqui.
  • 🚌 Excursões e ônibus hop-on hop-off. Parceria com Get Your Guide clique aqui.
  • 🏥 Seguro viagem. Parceira com Seguros Promo, Cupom de desconto DEUSA5, clique aqui.
  • 📱 Chip para celular – Viaje Conectado. Parceria com a Seguros Promo clique aqui.
  • 💵 Câmbio de moedas. Parceria Confidence Câmbio clique aqui.
  • 📚 Associado Amazon – compras online, entrega rápida, clique aqui.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2020 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel