Deusa Rodrigues - Travel Agent

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

05.jun.17 - atualizado em 19.out.19



Fui à Ásia para realizar um antigo projeto pessoal de visitar  o Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos religiosos. O complexo é impressionante, ficou por muito tempo encoberto pela natureza, até ser redescoberto para o mundo. Circular pelos templos bem preservados, observar os monges e sentir a energia positiva é inesquecível. Desfrutar do pôr do sol com vista do lago e dos templos é um momento mágico, uma verdadeira viagem para a alma.

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

O Cambodia  – região da Indochina

O Cambodia está na região compreendida entre a China e a Índia é conhecida como Indochina. Os países do Cambodia, Tailândia, Vietnam e Myamar fazem parte dessa região, eles guardam semelhanças de cultura entre os dois países vizinhos. A viagem para a Indochina é culturalmente rica, além de paisagens totalmente diferentes.

Leia também sobre: Tailândia o que fazer: templos, praias e montanhas um destino completo.   Vietnam roteiro de viagem: uma grata surpresa na Ásia.

Angkor Wat no Cambodia – cenário do Tomb Raider

O país passou por inúmeros conflitos internos, mas hoje com a situação estável e a beleza dos templos, se consolidou como destino turístico importante na Asia. Foi cenário do filme  Tomb Raider, com de Angelina Jolie no papel de Lara Croft, e o Cambodia passou a ser mais conhecido.

Siem Reap – entrada para conhecer o Ankgor Wat no Cambodia

A cidade é pequena, bem arborizada, cortada pelo Rio Sean Reap. A arquitetura é típica da Indochina com características francesa. É descolada e popular na Ásia, repleta de turistas jovens do mundo inteiro pelas ruas, tanto em bicicletas como em Tuk-Tuk. Há boa infra-estrutura turística na cidade e a Pub Street é repleta de restaurantes e pubs que ficam abertos até a madrugada.

Complexo de Angkor  – templos religiosos

A cidade de Siem Reap é a base para visitar o Angkor é o maior  Complexo de templos religiosos do planeta. O Complexo Angkor compreende os templos de Angkor Wat, Templo de Bayon e o Ta Prohm. É a antiga capital de Angkor Thom (século XII). As cinco torres imponentes em frente a um lindo lago repleto de flores de lótus.  As torres fazem parte da bandeira cambodiana, representam os cinco picos de Meru e os muros que rodeiam os templos, são simbolicamente as montanhas. O Angkor Wat no Cambodia é considerado o primeiro exemplo de arquitetura Khmer, há muita energia positiva neste lugar.

Saiba mais sobre: Destinos com energia positiva pelo mundo: viagens para a alma.

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

Templo de Angkor Wat – o mais importante

O Angkor Wat é o mais importante dos templos do Complexo e declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Eu participei de uma cena inesquecível – o nascer do sol no Complexo, com entrada pelo portão sul para observar as impressionantes estátuas que representam o movimento do oceano.

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

Templo Bayon – 216 rostos nas pedras

O templo Bayon tem 54 torres com 216 rostos esculpidos na pedra que impressionam.O ideal é ter tempo para caminhar, deve-se reservar pelo menos dois dias para conhecer os principais pontos do Complexo: o Phimeanakas, os Terraços do Rei Leproso e dos Elefantes.

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

Phimeanakas – Angkor Wat no Cambodia

Uma arquitetura comum no Complexo, as Phimeanakas são construções de templos hinduítas em forma piramidal com plataformas em três níveis. Há quatro escadas muito empinadas. Na plataforma superior, há um pequeno santuário, que segundo a lenda era utilizado para rituais pelo rei Khmer.

Templo Ta Prohm – natureza e rochas

Já o templo Ta Prohm encanta pela beleza das árvores fundidas com a rochas, herança do período em que o local ficou encoberto pela floresta. Esse é um dos tempos mais espetaculares do Complexo.

Angkor Wat no Cambodia: maior complexo de templos da Ásia

Templo Banteay Srei – dedicado ao Deus Shiva

Esse templo foi construído por mulheres, destaca-se pelos relevos e esculturas em arenito vermelho, as suas figuras e detalhes minuciosos, alguns com formas tridimensionais. Um dos mais belos do Complexo Angkor.

Templo Banteai Samre – dedicado ao Deus Vishnu

Tem semelhanças no estilo arquitetônico do Angkor Wat, Banteai Srei e Banteay Samre, são joias da arquitetura Khmer. Estão em estado de boa conservação. É interessante notar como cultura da Índia e os Deuses do Hinduísmo estão presentes na Indochina.

Você vai gostar de ler também sobre o post: Passagem para a Índia.

Povoado flutuante – Lago Tonle

Eu fiz um pequeno passeio em barco tradicional de madeira no Lago Tonle Sap, uma das maravilhas da Ásia. O Lago Tonle tem 2.590 Km quadrados, mas pode aumentar muito durante as chuvas, é a maior extensão de água doce do Sudeste Asiático.

Leia também sobre: Sudeste Asiático

Quando ir ao Cambodia

Os meses de dezembro e janeiro são mais secos e as melhores épocas para viajar ao Cambodia. Durante o verão as temperaturas podem passar dos 40 graus, além de ser época das chuvas.

Onde se hospedar em Siem Reap

A descolada cidade de Siem Reap, que recebe turistas do mundo inteiro atraídos pelo Angkor Wat. Há muitos hotéis maravilhosos como La Residence d´Angkor Belmond.

Que tal se hospedar no Hotel Anantara Angkor Resort, tomar um drink e assistir a uma dança típica ?

Compras no Cambodia

O Les Artisans d´Angkor Chanties Ecoles é uma loja da escola de produtos de seda onde jovens da comunidade aprendem a trabalhar com o artefato, é uma ótima oportunidade para belas compras. Há lindas peças para vestuário, acessórios e para decoração como capas de almofadas, toalhas, etc.

A Senteurs d´Angkor é uma loja que se pode encontrar um pouco de tudo: especiarias, chás, chafés das montanhas, licores, aromaterapia, incenso, etc. Vale a pena para conhecer os produtos locais.

Para ter uma experiência local o Old Market, o velho mercado tem um pouco de tudo com comidas, frutas e artesanato e vale a pena conhecer.

Como chegar e se locomover no Cambodia

Várias cidades da Ásia tem conexão para Seim Reap. Entre no link para pesquisar e reservar as passagens aéreas com antecedência.

Em Sean Riem o transporte pode ser em pitorescos Tuk-Tuk, tão tradicional na Ásia. Há disponível aluguel de bicicletas que é muito comum entre os visitantes e moradores.

Dicas para visitar o Angkor Wat no Cambodia

As providencias para a viagem do Cambodia são muito importante, como visto de entrada para brasileiros. Leia também: Dicas para Viajar.

Roupas leves e sapatos confortáveis para caminhar pelos templos.

Caprichar na fotos porque os cenários dos templos são cinematográficos.

Participar de pequenos rituais de energização com os monges. Isso é muito comum entre os visitantes, com auxílio de um guia local. Eu passei por essa experiência e recomendo.

Curtir um bucólico pic-nic ao pôr do sol com vista para o lago e os templos de Ankor Wat. A maioria dos hotéis vende cestas de pic-nic, se não tiver uma cesta, leve uma bebida para brindar e celebrar um momento único.

Assistir a um espetáculo típico, vale a pena para conhecer a cultura local.                                                                     

Agradecimentos a fotos concedidas por Belmond e Minor Hotels.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel