07.mar.18

Mulheres e destinos turísticos



O poder das mulheres em alguns destinos turísticos faz a diferença. Há lugares que a presença de uma mulher ou de várias é tão marcante, que faz parte das atrações. As minhas lembranças de viagem, guardo ótimas recordações da influência feminina na Cultura Polinésia, no Tahiti, da presença constante da Rainha Elizabeth no Reino Unido, da Imperatriz Sisi em Viena e da Casa de Maria na Turquia. No Dia Internacional da Mulher vale lembrar para homenagear as mulheres que deixaram sua marca em cidades ou países.

A herança de mulheres que marcaram uma época, é um dos atrativos de diversas cidades ou países pelo mundo. Vários são os destinos que tem a presença de importantes mulheres que fizeram ou ainda faz a história, pode ser conhecido através de visitas a museus, palácios, monumentos, etc.

 

Destaco a seguir alguns lugares que ficaram nas minhas lembranças de viagem:

No Tahiti a Cultura Polinésia se baseia no matriarcado, a mulher que é a quem manda. Quando se visita as Ilhas da Polinésia Francesa, é muito interessante notar como os habitantes tem uma delicadeza feminina e são tão acolhedores. A música e a dança polinésia, exalta a natureza e privilegia a mulher. Vale a pena conferir.

 

No Reino Unido a presença da Rainha é onipresente. Há um charme da Coroa Britânica por todos os lados. A Rainha Elizabeth é adorada pelos seus súditos e motivo de orgulho. Eu tive o privilégio de participar dos festejos dos 60 anos da coroação, no Palácio de Buckingham e pude conferir de perto a soberana e notar o respeito que se tem por ela. Faz parte do roteiro de Londres dar uma passadinha no palácio, mesmo que seja difícil vê-la.

Em Viena a presença da Imperatriz Sisi está pela cidade, através de fotos para convidar os visitantes para conhecer o museu. Ela foi uma mulher à frente do seu tempo, moderna, culta, viajante e adepta de atividades físicas, que deixou sua marca. O Museu da Sisi no Palácio Hofburg é ponto importante para visitar em Viena, lá se pode conhecer um pouco mais dessa mulher.

A Casa da Virgem Maria, próximo a Éfeso, onde ela viveu depois de se refugiar na Turquia é muito visitada.  A casa foi descoberta no século XIX através de um livro, com a descrição obtida pelas visões de uma beata. Uma pequena casa de pedra no alto de uma colina, cercada por arvores floridas, dentro há um pequeno altar com alguns bancos e ouve-se uma suave música sacra que torna o lugar perfeito para a meditação. A paz desse lugar o torna especial.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel