28.maio.18

Recife revitalizada



 

A cidade de Recife está revitalizada no centro histórico, na Praça do Marco Zero onde a cidade começou. Gostei de circular pelo Recife Antigo, conhecer os armazéns que se transformaram em restaurantes, de visitar os museus e conferir as novidades. Ainda tem vários casarões antigos para transformar, mas a cidade ganhou uma vida nova e a cultura está valorizada. Foi uma ótima experiência de viagem retornar a Recife depois de vários anos. Irei voltar a Recife porque não deu tempo para conhecer tudo.

 

Um pouco de história sobre Recife

Recife, a nossa “Veneza brasileira” é cortada por rios e fica à beira mar. Suas charmosas pontes antigas ou modernas, são a característica do centro histórico. O seu passado guarda lembranças da ocupação holandesa e do período de abundância da cana de açúcar. Seus novos museus mostram que a cidade quer preservar sua cultura e a sua essência. Recife que se considera a “capital do Nordeste”, tem mantido o crescimento apesar da crise econômica do Brasil.

O que visitar em Recife

Recomendo começar a visita pela Praça do Marco Zero, lá no chamado Recife Antigo, uma pequena ilha, que está revitalizada. A praça tem grande círculo no piso com a placa de indicação do Marco Zero, é rodeada por algumas ruas e seus casarios coloridos.

Ao lado estão os Armazéns do Porto, com vários restaurantes e bares. A frente há o Parque das Esculturas de Francisco Brennand, para visitar basta atravessar de barco.

No Marco Zero oposto aos Armazéns do Porto,  está o Centro de Artesanato de Pernambuco. É uma pequena amostra do que você poderá ver durante a viagem.

Como Recife Antigo tem várias atrações, o ideal é seguir a visita a pé. O Museu privado dos Bonecos Gigantes de Olinda, é bem interessante e rende boas fotos.

Na Rua dos Judeus, antiga Rua do Bom Jesus, há a Sinagoga Kahal  Zur Israel, mais antiga do Brasil.

No final da rua a torre Malakoff, chama a atenção. Foi construída como observatório astronômico e portão monumental do Arsenal da Marinha, hoje é um centro de exposições itinerantes.

O Paço do Frevo é outro museu privado que conta a história da dança típica de Pernambuco, uma paixão pernambucana.

O moderno Museu Cais do Sertão, mostra os detalhes da vida do interior de Pernambuco e da cultura. O baião, xaxado e outros ritmos estão em evidência com Luiz Gonzaga. No andar superior é bacana ver os depoimentos da vida de sertanejos, anônimos e famosos como do ex-presidente Lula e as cabines de gravação para estimular novos talentos musicais.

O Instituto Ricardo Brennnand, no bairro de Várzea é um museu privado, que abriga obras de arte do colecionador. Os pequenos prédios são em estilo de castelo, um guarda diversas esculturas, quadros, tapetes, museu de cera, etc.

Outro pavilhão é dedicado às armas, armaduras e relógios. É impressionante a quantidade de objetos do mundo inteiro que o colecionador Ricardo Brennand acumulou ao longo dos anos.

A propriedade é ajardinada, muito bem cuidada, com obras expostas também ao ar livre; lembra um castelo medieval. Na entrada do Instituto está o restaurante. Foi considerado um dos 25 melhores museus do mundo.

No Centro para compras de artesanato, o Mercado São José é imperdível. Para circular e tomar um café o Paço Alfandega é uma ótima opção, a noite tem uma bela vista do centro.

O novo Rio Mar Recife Shopping é bem moderno, com luz natural. No último piso tem uma varanda para observar a bela vista da Ponte, via expressa e o manguezal.

A praia de Boa Viagem é a melhor para banho, e seus arrecifes garantem pequenas piscinas naturais.

Na praia está bonita Igreja da Boa Viagem, onde acontece a “feirinha” com barracas de artesanato e comida todos os finais do dia.

Ótima opção para curtir o pôr do sol de frente para o mar.

O Parque Dona Lindu,  chama atenção pelas linhas inconfundíveis de Oscar Niemeyer. Está localizado de frente para o mar de Boa Viagem, tem espaços para manifestações culturais.

A escultura da família de Lula retirantes, mostra que o parque é uma homenagem a sua mãe, Dona Lindu.  O lugar é esteticamente bonito, mas falta mais arvores.

As pontes são a marca registrada da cidade, as velhas pontes e charmosas cortam o centro da cidade.

A nova Ponte Estaiada, liga o centro às praias pela expressa Via Mangue.

 

 

Dicas de viagem em Recife

O artesanato de Pernambuco é muito rico, vale a pena conhecer.

Para conhecer a comida regional a dica é o Restaurante Parraxaxá, em Boa Viagem.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel