Deusa Rodrigues - Travel Agent

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

06.ago.18 - atualizado em 20.set.19



Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo. Um dos lugares mais atraentes do sudeste asiático pela cultura, além de paisagens paradisíacas. Me marcaram muito o astral zen e a visita a tribo de mulheres girafa. Alguns detalhes são inesquecíveis como os templos dourados, a culinária e os passeios de barco em Bangkok. Me surpreendi com a delicadeza a e a hospitalidade de um povo que sabe muito bem a “arte de servir”. Voltei renovada de uma verdadeira viagem para alma. A Tailândia é sinônimo de grandes experiências, com ótimo custo benefício.

Bangkok

Roteiro de viagem na Tailândia

O ideal para conhecer a essência da Tailândia é visitar a capital, seguir para o norte, local das montanhas e depois para o sul, com praias paradisíacas. Eu comecei o roteiro pela vibrante capital Bangkok, depois fui à Chiang Mai e Chiang Rai ao norte e finalizei com Phuket ao sul. A Viagem à Tailândia surpreende pelo astral zen e energia positiva. É encantador ver as pessoas com as mãos postas sobre o peito em saudações típicas da Tailândia, quando encerram uma conversa. Esse gesto traz um sentimento de gratidão e tranquilidade.

A Tailândia faz parte da região conhecida como Indochina. Leia também sobre o Sudeste Asiático.

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

Bangkok – uma cidade vibrante

A capital Bangkok é uma cidade grande, agitada, vibrante e ao mesmo tempo tem preservado o passado e sua cultura. Há uma mistura de centro financeiro, com templos, mercados flutuantes e tradições. O transito é intenso e tem várias vias elevadas, que lembram o Minhocão – Elevado Costa e Silva de São Paulo. O transporte pode ser feito de carro, pelo Skytrain e pelos barcos que transitam pelo rio em várias direções.

Conheça também mais sobre: Vietnam roteiro de viagem, uma grata surpresa na Ásia.

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

Templos da Tailândia – Buda de Ouro

A diferença dos templos e palácios da Tailândia, em relação a outros países de Indochina é que são mais impressionantes, decorados com esplendor do ouro e muitos detalhes. O Wat Trimitr é Templo do Buda de Ouro maciço, com 3 metros e por 2.50 metros de altura, com 5.500 toneladas de ouro. Uma das principais atrações da Tailândia.

Buda Reclinado – atração famosa

O Wat Pho é um templo budista em Bangkok, localizado no distrito de Phra Nakhon junto ao Grande Palácio de Bangkok. Lá está o famoso Buda Reclinado uma das principais atrações da Tailândia. A estátua tem 46 metros, cenário ideal para fotos da viagem. Na entrada estão os Chedis dos Reis, construções em forma de cones, muito ornamentadas e utilizadas no passado para sepultamento da monarquia. Também é um dos cartões postais da Tailândia. 

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

Grande Palácio Real e o Buda da Esmeralda

O Grande Palácio, foi residência oficial da família real da Tailândia, construído no século 18. Arquitetura típica tailandesa, com muito ouro, cores, detalhes e o emblema da família real. É um grande complexo, estabelecido em 1782 que engloba a ex-residência oficial, bem como, diversos templos numa área de 218.000 metros quadrados. São quase trinta prédios com diversas atrações em meio ao jardim. O Templo Wa Phra Kaew, é dedicado ao Buda de Esmeralda, é um dos mais visitados. A entrada da capela do Buda de Esmeralda é protegida pelos Demônios Guardiões, estátuas que fazem parte da literatura do Rei Rama 1.

Para ter uma experiência melhor, há possibilidade de fazer: Tour ao Grande Palácio privado.

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

O Grande Palácio Real me fez lembrar do Complexo de Angkor Wat no Cambodia.

Wat Saket – Monte Dourado

O Wat Sket ou Monte Dourado, pode ser visitado em Tuk Tuk pela Champs Elysees tailandesa, a Avenida Ratchadamnoen. De cima do Monte Dourado dá para desfrutar do panorama da Ilha Rattanakosin, enquanto se ouve os sinos dos diversos Templos da região.

Rio Chao Phraya em Bangkok – Tailândia

O Rio Chao Phraya, também conhecido como Rio dos Reis, corta Bangkok, com inúmeros canais, por esse motivo a cidade é também conhecida da Veneza do Leste. O rio cruza a cidade e segue para pequenas cidades vizinhas. Há inúmeros “mini portos” alguns de hotéis ou prédios particulares, outros públicos, com muitos barcos. Eu fiz um passeio em barco de 01 hora, em canal com um tipo mini-mercado flutuante local, interessante caso não tenho tempo para o Mercado Flutuante Dammoen Saduak.

Reserve um: Tour privado a um mercado flutuante local.

Mercado flutuante – cartão postal da Tailândia

O “cartão postal” da Tailândia mais famoso, é o mercado flutuante Damnoen Saduak & Floating Market. Ele fica na cidade vizinha a 100 km de Bangkok. Fiz um passeio de dia inteiro nesse vibrante comércio. Nos canais circulam pequenos barcos carregados de frutas e vegetais coloridos, remados por mulheres tailandesas com chapéus de bambu. Nas margens dos canais há inúmeras barracas que vendem artesanato variado.

Perfeito para comprar de objetos de decoração, com preços excelentes. Fechei o dia com um show cultural com danças folclóricas tailandesas.

Há possibilidades de tours regulares em grupo ou privados. Faça a reserva do Tour Mercado Flutuante Damnoen Saduak.

Ayutthaya – ruínas da capital antiga da Tailândia

Ayutthaya são ruínas da capital do antigo Reino do Sião entre 1350 e 1767. As ruínas são declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Está localizada à 85 km de Bangkok e pode ser acessada por barco. Este também é um passeio de dia inteiro.

Tour a partir de Bangkok com 5 templos em Ayutthaya

Silom Village – Mall com restaurantes Thai

O Silom Village é um mall típico estilo povoado Thai antigo, no centro de Bangkok. Este pequeno shopping concentra várias lojas, restaurantes e show tailandês. A comida é Thai, portanto atenção porque é picante.

Museu Jim Thompson – escultura, pinturas, etc.

O Museu Jim Thompson é local com esculturas, pinturas, porcelanas e outras peças de origem tailandesa e de outros países asiáticos. Está instalado na antiga residência do arquiteto e empresário Jim Thompson, estilo tailandês e cercado de verde e jardins. Requer tempo para conhecer a coleção, portanto como Bangkok tem muito a visitar é bom analisar se cabe no roteiro.

Chiang May – norte da Tailândia

Chiang May no norte do país, está a essência da Tailândia, com templos suntuosos. É uma pequena cidade do interior com muita hospitalidade. Visitei o Templo nas Montanhas – Wat Phra That Doi Suthep. Uma construção esplêndida, com númeras imagens de Budas. Para subir há 309 degraus ou um elevador para alcançar as pagodas douradas.

Ritual de oferendas – norte da Tailândia

Na subida para a montanha Doi Suthep, as 06h00 pode-se comprar comida para juntar-se aos locais durante a cerimônia de oferendas às almas. Esta é uma procissão budista onde dúzias de monges andam descalços pelas ruas coletando comida e itens do dia a dia. É emocionante e vale a pena acordar cedo para participar.

Reserve o: Tour Doi Suthep e Inthanon National Park

Tailândia norte – Tribo da Mulheres Girafa

Um dos meus projetos de viagem, era fazer passeios à tribo da Mulheres Girafa na Tailândia. Fiz um tour em lombo de elefante pela floresta e visitei a exótica tribo das mulheres com as argolas no pescoço. Essa é uma tradição tribal do país vizinho, antiga Birmânia atual Myanmar. Soube lá que o governo da Tailândia dá abrigo à essas mulheres que saem de Myanmar em busca de terras para o cultivo do arroz e melhores condições de vida.

O Tour pode ser conjugado com o Parque dos Elefantes, onde pode interagir com os animais.

Chian Rai – Triângulo Dourado norte da Tailândia

Fui à Chiang Rai em tour para visitar o Wat Rong Khun, com sua arquitetura “kanok” única, conhecido também como White Temple. Depois segui para conhecer alguns templos da cidade e o Wat Phra Kaew, que tem uma linda imagem do Buda de Cobre. A próxima parada foi Mae Sai, a cidade mais ao norte da Tailândia na fronteira com Myanmar. Caminhei pelo mercado local e visitei Chiang Saen às margens do Rio Mekong, onde é possível ver magníficas ruínas e templos. O passeio barco pelo Rio Mekong foi especial. Houve uma parada para fotos no Triângulo Dourado que é uma região de cultivo de Ópio da Ásia, na junção de quatro países: Tailândia, Myanmar, Vietnam e Laos.

Reserve aqui o: Tour de Chiang Mai à Chiang Rai – White Temple e Triangulo Dourado.

Tailândia o que fazer: templos, praias, montanhas, um destino completo

Tailândia – Ilhas paradisíacas do sul

A Ilhas do sul da Tailândia: Phuket, Koh Samui, Phi Phi Island e Krabi são verdadeiros paraísos com praias paradisíacas. Muitas já foram cenários de filmes de Hollywood. Nessa região estão hotéis renomados de cadeias internacionais.

É o lugar do bem-estar, além de praias maravilhosas, comida deliciosa há massagistas, que estão por todos os lugares. Eu curti o esverdeado Mar de Andaman e o cenário estonteante de Maya Bay, Phi Phi, uma das praias mais lindas do mundo.

Sugestão: Passeio de barco tradicional em Phi Phi Island ao pôr do sol

A Tailândia também é um destino para: Lua de Mel

Antigo nome da Tailândia: Sião

Tailândia, em tailandês significa terra livre. Seu território ao longo de séculos foi disputado, mas manteve a liberdade e características. Sua origem na planície do Rio Mekong é habitada há pelo menos 10 mil anos. Foi a única nação do sudeste asiático que não foi colonizada por europeus. Até 1939 o país atendia pelo nome de Sião e passou a ser chamado de Tailândia, uma monarquia constitucional.

Tailândia um país 95% de budista

Recentemente no episódio do resgate dos meninos e o técnico de futebol de uma caverna, o mundo conheceu um pouco desse povo fraterno e pacífico mesmo, em momentos de crises. Os habitantes surpreendem os visitantes com demonstrações de tranquilidade e paz que vem do budismo. Uma verdadeira viagem para a alma.

Gastronomia da Tailândia – leve, natural e picante

A gastronomia Thai, tem muitos vegetais, arroz e condimentos. É uma culinária leve, condimentada e saborosa, mas deve ter uma atenção para os pratos picantes.

Os pratos tradicionais da Tailândia são:

– Pad Thai – macarrão de arroz frito com camarões, amendoim, omelete, molho de peixe e vegetais – um dos pratos mais populares.

– Phad Prew Wan – frutos do mar com especiarias.

– Gai Phad Med Mamuang – frango frito com castanhas de caju.

– Kaeng Phet Pet Yang – pato assado em curry vermelho.

– Khao Phad – arroz frito com franco, camarões, ovos, cebola e tomate.

– Khao Soy é um famoso prato do Norte da Tailândia é uma combinação de creme de coco, macarrão oriental e diversas especiarias.

O Tour de Aula de Culinária na Tailândia, é uma das atrações do país.

Dicas para viajar à Tailândia

Toda viagem necessita de planejamento e providências. Leia também: Dicas para Viajar.

Para noite a sugestão em Bangkok é tomar um drink a céu aberto no restaurante Sirocco, localizado topo do Hotel Lebua, com vista impressionante das luzes da cidade. Para visitar é necessário consumir uma bebida e gasta-se por volta de US$ 30,00, quantia que vale o investimento.

Outra opção para um drink em Bangkok é o bar rotativo na cobertura do Millenium Hilton.

Use e abuse do transporte local: barcos, Rickshaw e Tuk Tuk.

O que comprar na Tailândia

A Tailândia é um dos melhores lugares de compras da Ásia, tem variedade e bons preços. As peças de artesanato de madeira são muito bem trabalhados. Objetos com madre pérolas também são bonitos e baratos. A seda tailandesa é de excelente qualidade. Há ainda cerâmica, joias, móveis e metais.

Onde comprar na Tailândia

O Mercado noturno – Night Market de Bangkok tem muita variedade, um pouco de tudo.

Mercado noturno em Chiang May – tem variedade de peças e ótimos.

Shopping center e lojas de departamento tem um preço fechado, no entanto quanto aos demais o negócio é pechinchar sempre.

Melhor época para visitar a Tailândia

Verão constante, evitar apenas as monções, períodos de chuvas que ocorrem de junho a agosto.

Loi Krathong – Festival das Luzes

Uma das maiores festividades da Tailândia é durante o Festival das Luzes, que acontece na lua cheia do 12 mês lunar, em geral em novembro. As cerimônias são lindas com milhares de oferendas e velas, em folhas de bananeira que são depositadas no Rio Chao Phraya. O objetivo é pedir energias positivas, participar das cerimônias é contagiante.

O Festival das Luzes também acontece em Chiang Mai. Faça a reserva neste link.

Melhores hotéis da Tailândia

Bangkok:

Há muitas opções em várias regiões e para todos os orçamentos

Hotel Península – para ficar em grande estilo, um hotel de luxo à beira do rio e com píer próprio.

Pullman – categoria primeira, ótimo custo-benefício.

Anantara Siam Bangkok Hotel – uma excelente opção.

Lua de mel na Tailândia: praias, montanhas e templos

Chiang Mai:

A cidade também é ber servida de hotéis, que em geral ficam no centro histórico. Os mais bacanas estão na área mais verde da cidade.

The Dhara Dhevi  – um hotel palácio de arquitetura tailandesa, com chalés em meio de um jardim lindo e com um arrozal nos fundos da propriedade.

 

Phuket e Kho Samui

Anantara (Phuket e Kho Samui)

Lua de mel na Tailândia: praias, montanhas e templos

Agradecimentos as fotos concedidas: Hotéis Anantara e Turismo da Tailândia.

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2019 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel